São Paulo, 21 de Novembro de 2017.

 

Como tudo começou...

Associação Brasileira de Neurologia e Psiquiatria Infantil

Nos anos 60 no Brasil já existia uma grande preocupação com o método de estudo sobre as avaliações dos pacientes portadores de patologias neuropsiquiátricas. Os diagnósticos já estavam sendo baseados na fenomenologia e os estudos eram predominantemente clínicos embasados pelo exame objetivo, difícil de ser realizado na criança, porém com uma tentativa de acurácia de nota.

O Dr. Stanislau Krynski juntamente com o Dr. Antonio Branco Lefèvre estruturaram um modelo de pensamento que culminou com a fundação em 04 de Janeiro de 1967 na ABENEPI - Associação Brasileira de Neuropsiquiatria Infantil.

A fundação da ABENEPI contou, ao momento da sua primeira Assembléia, com a presença de vários profissionais de extrema importância no panorama neuro-psiquiátrico brasileiro da época, os Drs. Stanislau Krynski, Antonio Branco Lefèvre, João Carvalhal Ribas, Aron Judka Diament, Edy S. Navarro, Cacilda Cuba dos Santos, Haim Grunspun, Maria Helena Rocha Franco Moreira, Eneida Baptistete, José Colarille, Osvaldo Dante Milton Di Loretto e Maria S. Valente, representando os serviços neuropsiquiátricos do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, do Hospital do Servidor Público do Estado de São Paulo, da Escola Paulista de Medicina e dos Serviços Psiquiátricos da Infância e Adolescência do HC-USP, Universidade Católica e do Departamento de Assistência a Psicopatas e do Serviço Social de Menores, com uma proposta multidisciplinar, assim como decidindo-se por sua filiação à Associação Internacional de Psiquiatria Infantil. Assim, iniciaram os cursos e projetos de divulgação de uma especialidade ainda em fase embrionária.

Os profissionais acima reuniram-se e resolveram então:


a) lançar esta sociedade no âmbito nacional constituída especificamente por neurologistas e psiquiatras da Infância e demais médicos interessados, como membros Titulares ou Efetivos e, os demais interessados (como psicólogos, etc.) como Membro Colaborador ou Associado;


b) deliberou-se que, dada as dificuldades de caráter nacional para uma organização deste gênero, fosse constituído um Conselho Consultivo ou Colegiado que se encarregasse de sua organização até que se realizasse a primeira Assembléia Geral de caráter nacional; deliberou-se que esta organização fosse regida em termos de Colegiado pêlos presentes e que nomearam, na ocasião, uma Diretoria Executiva provisória antes eleita pêlos constituintes, desta Assembléia de função para dar cumprimento ao que ficou acima, tendo que tomar todas as providências para constituição e legalização da Associação, bem como a preparação da 1ª Assembléia Geral e do I Congresso Brasileiro de Neuropsiquiatria Infantil.

Diretoria Executiva:

Presidente: Dr. Stanislau Krynski

Secretário: Dr. Aron Diament

Tesoureiro: Dr. Antonio Branco Lefèvre


Os principais pontos dos Estatutos aprovados provisoriamente foram as seguintes:

A Associação Brasileira de Neuropsiquiatria Infantil é uma sociedade de caráter científico, sem fins lucrativos, de duração indefinida.


a) promover o progresso da Neuropsiquiatria Infantil em todos seus aspectos;


b) patrocinar, dentro e fora do país a realização de Congressos e Reuniões especializados;


c) representar no estrangeiro, a Neuropsiquiatria infantil brasileira junto às sociedades Internacionais congêneres;


d) estimular a realização de pesquisas, cursos, seminários regionais atinentes à especialidade.

Em abril de 1967 houve a inauguração oficial da ABENEPI, em reunião conjunta com o Departamento de Psiquiatria da Associação Paulista Medicina, com a realização de uma conferência do Prof. Harvey Stevens, na ocasião Presidente da Associação Internacional para o Estudo Científico da Deficiência Mental.

Em uma reunião no dia 13 de dezembro de 1967, decidiu-se não se fazer um Congresso, pois não havia condições técnicas e financeiras para tal, no Brasil, sugeriu o Dr. Antonio Branco Lefèvre se fazer apenas a 1ª Reunião Brasileira de Neuropsiquiatria Infantil, que foi realizada na Sala de Convenções do Hotel Jequiti-Mar, Guarujá-SP, em 25 de agosto de 1968, data que foi realizada a 1ª Assembléia Geral da ABENEPI, elegendo a 2ª Diretoria:


Presidente:
Antonio Branco Lefèvre (SP)


Vice Presidente:
Olavo Nery (RJ)


Vice Presidente:
Luiz Carlos Osório (RS)


Vice Presidente:
Marcio de Lara Resende (MG)

Secretário Geral:
Aron Diament (SP)

1º Secretário:
Julcir M.R. Penna (SP)

2º Secretário:
Zaldo Rocha (PE)

1º Tesoureiro:
Maria Helena Franco da Rocha Moreira (SP

2º Tesoureiro:
Haydée Abdalla (PR)

Conselho Fiscal:
Osvaldo Di Loreto (SP);
Orlando Sales (BA) e
Ayrton Martins de Seixas (RJ).

Em 08 de Setembro 1981, em Assembléia Geral, Dr. Aron sugeriu que o nome da ABENEPI fosse modificado de Associação Brasileira de Neuropsiquiatria Infantil, para Associação Brasileira de Neurologia e Psiquiatria Infantil, que foi aprovado por unanimidade.

No Congresso realizado em Sâo Paulo, nomunicípio de Guarujá, nova diretoria foi eleita, com a presidência cabendo a um neurologista, tradição que foi perpetuada na ABENEPI, revezando-se a cada dois anos um Neuropediatra e um Psiquiatra da Infância. É eleito então o Professor Doutor Antonio Branco Lefevre, também de São Paulo.

© 2006-2010 - ABENEPI
Direitos Reservados
Telefone: 11 3289 7273 / 9372 5059 email: abenepi@uol.com.br
Recebemos 2582737 visitantes, desde Outubro de 2006